ovazio

by ovazïo

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.
3.
4.
5.
03:38
6.
02:22
7.
04:11
8.
04:21
9.
03:47

credits

released July 11, 2017

OVAZIO:
Danilo Machado, Marcelo Morgado, Rafael Silveira, Rogério da Costa Jr.

Produced and recorded between december of 2014 and july 2015 by ourselves.
Mixed and Mastered by Gabriel Zander.

tags

license

all rights reserved

about

ovazïo Rio De Janeiro, Brazil

just one more band from rio de janeiro.

contact / help

Contact ovazïo

Streaming and
Download help

Track Name: Bem, agora temos a mesma idade que você tinha quando nos deixou...
Tentei pegar suas mãos e então
Te segurar sem perceber
O quanto é necessária a dor

Me mostra que
no fundo não
somos só isso.
Eu quero acreditar.

Acho que tudo que temos só uma vez na vida
Tem um que de obra prima.
Track Name: Noÿs Lambent e o Fim da Eternidade
Voltar para quando as coisas ainda estavam no lugar
Eu já perdi a conta de quantas vezes tentei inventar a máquina do tempo
Ou qualquer coisa que tirasse essa sensação de que está tudo errado

O que é o amor, se não a soma de todas as coisas que eu já fiz?
A soma de todos os crimes que eu já cometi?

Vamos quebrar as alavancas para que o amanhã não exista mais, não exista mais.

Just tomorrow to betray my energy!
Just tomorrow to betray my youth!
Just tomorrow to betray me!
Track Name: E depois Daqui?
Será mesmo que nossos sonhos são como o vento,
Que passam tão sutis por nossos rostos sem nos levar a lugar nenhum?
Passei a vida inteira correndo atrás de nada, E no fim nada foi aquilo que eu encontrei.

portas trancadas não me permitiram mais que isso.
Me cansei de dizer.
Track Name: Somos Só Crianças
Estou preso aqui, onde eu (simplesmente*) não existo
E o vazio é o único que anda comigo
E eu me lembro de quando éramos jovens,
De quando o medo não era uma porta trancada bem em nossa frente

E as canções não eram tão deprimentes
Para onde foi tudo agora?
Deixei meu coração do lado de fora tantas vezes
Que eu nem me lembro onde foi que eu o guardei.

Me prendo a todas as coisas que nunca disse
A se, talvez agora não faltasse nada, não faltasse nada aqui

Não apague a luz, você sabe que não restou nada aqui
Que possa me proteger deste quarto escuro
Fica mais um pouco, até eu pegar no sono,
Mas querida, eu não sei para onde vamos
Nem onde está o meu sorriso, e o seu?
É triste sentir que neste mundo nós já nascemos vendidos
E a cada dia estamos mais distantes!

E as canções não eram tão deprimentes
Para onde foi tudo agora?
Deixei meu coração do lado de fora tantas vezes
Que eu nem me lembro onde foi que eu o guardei.
Track Name: Vertical
Levanto e saio
para andar
são 11:30, ainda sinto o dia.

Na cabeça
memória
masoquista como um

Balde de água fria
Sua mão me solta
Corpos em lança-mento vertical
Vem cá e me mostra
A via está engarrafada, isto é normal

Holding up traffic.

O Contrário
Vai e não volta, não
Meu corpo em um lançamento desigual
Como a discovery explode
em chamas e não volta mais
Track Name: ovazio
Isso é sobre o peso nos pés do vazio da alma
Sobre aquele que consome tudo.
O buraco negro no peito.
É sobre falta de esperança, sobre desespero.
Sobre correr sem nem saber para onde.
O abismo, a faca com meu nome.
A tristeza sem fim, sobre a metade vazia do copo sobre a mesa
Sobre a vida e sobre a incerteza.
Track Name: FAGADAM
Como num abismo sem fim
eu sempre caio em sua ponta
como me sentir bem aqui?

Num ciclo o que sinto que sou.
Eu sou.
Me faz sentir que sou.
Track Name: Memórias
Onde será que está o sabor de tudo agora?
Eu não saberia te dizer

Não há um grande plano para nós.
Só há nossos corações correndo em todas as direções

imagináveis
Sem nem saber realmente o porque.

Queimei uma foto de você e eu sentados na grama
Coberta de memórias que eu nem pude nomear.
(…)